You On Top - Google AdWords, Google Analytics
João

Autor: João, o apóstolo.

Data: Incerta. Provavelmente na última parte do primeiro século. 85 - 90 A.D.

Propósito: Inspirar a fé em Jesus Cristo como o filho de Deus.

Texto Chave: 20:31.

Particularidades:

1. É considerado por muitos como o livro mais profundo e mais espiritual da Bíblia.

2. Nele, Cristo dá uma revelação mais completa de si mesmo e de Deus Pai que não se encontra em nenhum dos Evangelhos sinóticos.

3. Talvez a mais notável de todas as características distintivas de seu Evangelho seja o fato de que mais da metade do espaço do livro seja dedicada a eventos da vida de Cristo e suas palavras durante seus últimos dias.

4. Discursos e conversas encontrados só em João - a conversa com Nicodemos, 3:1-21; com a mulher de Samaria, 4:1-26; o discurso aos judeus na Festa dos Tabernáculos, 7:14-39; 8:3-58; a parábola do bom pastor, cap. 10, a série de instruções privadas aos discípulos, as palavras consoladoras e a oração intercessora, caps. 14-17; o encontro com os discípulos no mar da Galiléia, cap. 21, etc.

5. João registra oito milagres de Cristo (Além do milagre da ressurreição) para provar sua divindade. Seis destes se encontram só neste Evangelho. A água transformada em vinho, 2:1-11; a cura do filho do funcionário do rei, 4:46-54; a cura do homem no tanque, 5:1-9; o cego de nascimento, 9:1-7; a ressurreição de Lázaro, 11; a segunda pesca milagrosa, 21:1-6.

6. Duas grandes corrente de pensamento fluem através do livro, as quais é proveitoso seguir.

Sinopse:

O livro pode ser dividido em cinco partes:

Lucas Hebreus