Acerte no Alvo

Você já parou para pensar um pouco sobre o significado da sua vida? Você já descobriu sua vocação ou razão do seu viver? Sua vida tem um propósito, um escopo definido, um desígnio, uma finalidade. Ou você acha que simplesmente nasceu de sua mãe e viverá até que ainda exista vida depois morre e acabou, não... Certamente que não é desta forma.

Você é uma pessoa importante para muita gente. É importante para sua família, para seus amigos, para sua pátria, para a sociedade e enfim para você mesmo. Sim poderíamos dizer que você é muito importante. Você é tão importante que há um planejamento especial dirigido a você. Há milhares de anos um plano foi elaborado por Deus visando a sua pessoa.

O plano, muito simples e acessível, é de eficiência ímpar, de uma eficácia que não existe comparação que se possa fazer. Consumiram-se muitos anos, gastou-se muito tempo e muitas pessoas na divulgação deste plano e, principalmente, mobilizou-se uma nação inteira para a sua concretização. Este é o plano da salvação, a vontade de Deus para que suas criaturas se salvassem e se tornassem seus filhos. "Mas, a todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, aos que crêem no seu nome". (João 1:12). Cristo mesmo anunciou este plano. "E a vontade do Pai que me enviou é esta: Que nenhum de todos aqueles que me deu se perca, mas que o ressuscite no último dia". (João 6:39).

O plano surgiu em virtude de você, bem como toda a humanidade antes, durante e depois de você estar irremediavelmente perdido e sem esperança. Não estou dizendo aqui que você é uma pessoa perdida e desesperançada para a sociedade, para sua família ou que esteja envolvido com drogas ou mortes, não! Estou na verdade falando de toda pessoa sem Jesus no coração. Toda pessoa quando nasce, não importa se de mãe cristã ou não, ela já nasce em pecado... Já é um pecador.

Para explicar o sentido desta explanação costumo sempre citar um ditado muito conhecido, que diz: filho de peixe, peixinho é... mas, filho de crente não é "crentinho", é pecador. A salvação é individual. Cada pessoa tem que crer e aceitar a Cristo como seu Senhor e Salvador. "Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna; Porque Deus enviou o seu Filho ao mundo, não para que julgasse o mundo, mas para que o mundo fosse salvo por ele; Quem crê nele não é julgado; mas quem não crê, já está julgado; porquanto não crê no nome do unigênito Filho de Deus". (João 3:16-18). Este crer e aceitar "significa nascer de novo". "Os quais não nasceram do sangue, nem da vontade da carne, nem da vontade do homem, mas de Deus". (João 1:13).

O homem que fora criado para viver em felicidade perene, inesgotável e abundante passa a sofrer as conseqüências do pecado, desobediência e desrespeito para com Deus. O Senhor Deus criou o ser humano para uma vivência adequada à sua própria natureza humana. Mas o homem não quis cumprir sua missão e abandonou o caminho da conduta compatível com a vontade de Deus.

Ao abandonar e desobedecer a Deus, o homem deixou de ser feliz e de ter paz, de ter esperança e começou a sofrer. Muitos em sua própria sabedoria acham que são felizes, engano! Podemos ver de que maneira a sociedade caminha "de mal a pior".

Os homens estão sofrendo: matando seus próprios irmãos; passando fome; destruindo o meio ambiente, a natureza que Deus criou; guerras e batalhas sem desígnio algum... às vezes, o propósito destas pessoas é somente a ganância; soberba; suicídios; abandono de filhos nas portas das casas e hospitais; separação entre casais; destruição do matrimônio, o casamento foi instituído por Deus como uma união sagrada onde só seria quebrada pela morte. O ser humano sofreu, tem sofrido e sofrerá enquanto não tomar uma posição perante Deus. O sofrimento da humanidade se multiplica dia a dia, este sofrimento é gerado em virtude unida e exclusivamente do pecado.

O que é o pecado? Pecado que é a atitude de repúdio, de abandono legal da vontade de Deus. O pecado é tudo que contraria os propósitos divinos.
A palavra pecado usado no Velho Testamento, no hebraico "chata" - significa ERRAR O ALVO; [há também outros termos para designar o pecado como: "avon" - iniquidade; "rasha" - perverso e "pesha" - transgressão]... mas, temos também a palavra pecado usado no Novo Testamento, do grego "hamartia" - significa ERRAR O ALVO, não atingir o objetivo; [outros termos: "adikia" - injustiça; "parabasis" que podemos associar a "paraptoma" - transgressão, "asebeia" - impiedade, falta de reverência e "anomia" - iniquidade, falta de lei, desprezo e violação a lei, maldade], ou seja, viver de modo incorreto ou fazer algo que contrarie a trajetória normal das atitudes certas no que tange à moral, á justiça e à vida espiritual.

Em suma, o pecado é a violação da vontade de Deus. Um dos maiores pecados é justamente se esquecer de Deus. Davi, um homem segundo o coração de Deus nos alerta para este pecado... "Os ímpios [pecadores] serão lançados no inferno, e todas as nações que se esquecem de Deus." (Salmo 9:17). Deus também falando através de Asafe nos alerta... "Ouvi, pois isto, vós que vos esqueceis de Deus; para que eu vos não faça em pedaços, sem haver quem vos livre". (Salmo 50:22). (Veja também a passagem de Jó 8:11-22).

Mas Deus, que é amor, em sua infinita bondade e misericórdia, enviou seu Filho, Jesus Cristo, para dar conseqüência ao PLANO DA SALVAÇÃO. "E vimos, e testificamos que o Pai enviou seu Filho para Salvador do mundo". (I João 4:14). Por ter pecado, o homem se separou de Deus, mas arrependendo-se o homem, pode se entregar a Deus e por Ele ser salvo.

O plano é este: o homem afastado e distante de Deus é reconduzido à presença dEle através do caminho de Jesus, que é o único meio. "Disse-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim". (João 14:6).

Jesus é o ponto culminante do PLANO DE DEUS para a salvação de todos nós pecadores. ACERTO NO ALVO aceitando a JESUS CRISTO como seu único e suficiente Salvador, e principalmente como Senhor de sua vida e você será salvo.

"Paulo, apóstolo de Jesus Cristo, segundo o mandado de Deus, nosso Salvador, e do Senhor Jesus Cristo, esperança nossa". (I Timóteo 1:1).
"E que é manifesta agora pela aparição de nosso Salvador Jesus Cristo, o qual aboliu a morte, e trouxe à luz a vida e a incorrupção pelo evangelho". (II Timóteo 1:10).
"A Tito, meu verdadeiro filho, segundo a fé comum: Graça, misericórdia, e paz da parte de Deus Pai, e da do Senhor Jesus Cristo, nosso Salvador". (Tito 1:4).

"Porque assim vos será amplamente concedida a entrada no reino eterno de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo". (II Pedro 1:11).

Introdução Mensagens