Qual é a Vontade de Deus

para sua Vida?

Esta mensagem, que parecerá mais um estudo da Vontade de Deus, meu (minha) amigo (a), que ainda não é um cristão, é para te perguntar: Você já parou para pensar sobre isso? Todas as vezes que você tenta pensar a respeito, suas vontades acabam prevalecendo. Pode notar que sempre que tentamos fazer algo que irá agradar a Deus, na maioria das vezes acabamos por fazer aquilo que nosso coração diz. Deixamos que nosso coração nos engane e não perguntamos a Deus qual é a Sua vontade. Inspirado por Deus foi que o profeta Jeremias escreveu: "Enganoso é o coração, mais do que todas as coisas, e perverso; quem o poderá conhecer?" (Jeremias 17:9).

Então você questiona: Então quer dizer que para eu ir para o céu eu preciso me converter? Eu preciso virar crente? E o que é se converter?

Ora, se converter é mudar de caminho; Mudar de rumo, de direção. Quando estamos caminhando para a esquerda podemos fazer uma conversão para a direita e vice-versa. Se converter, espiritualmente falando, em uma linguagem muito simples é: "sair do caminho mau e passar a andar no caminho bom". "Sair de um caminho de iniqüidades e passar a viver num caminho reto". Na verdade não há como uma pessoa "virar crente", o que ocorre quando uma pessoa se converte é uma mudança interior. A pessoa nasce de novo, não na carne, mas no espírito. A pessoa passa a ser guiada não mais pelo seu antigo coração, mas pelo Espírito Santo de Deus, ela recebe um coração "novinho em folha". "Respondeu-lhe Jesus: Em verdade, em verdade te digo que se alguém não nascer de novo, não pode ver o reino de Deus". (João 3:3).

Eu já fui em muitas igrejas e tenho visto que o pastor faz o apelo às pessoas perguntando quem quer aceitar a Jesus para suas vidas, e elas levantam suas mãos. Então eu preciso levantar as mãos na igreja para me converter? Essa resposta é mais simples ainda. A Bíblia diz que: "Portanto, todo aquele que me confessar diante dos homens, também eu o confessarei diante de meu Pai, que está nos céus". (Mateus 10:32), é nada mais nada menos do que cumprir um mandamento de Jesus. Simplesmente para tornar pública sua conversão e pela fé confessar a Cristo como Senhor e Salvador. Mas é necessário que eu diga... Mesmo que levante as mãos os pés, isso de nada valerá, nada será acrescentado se seu coração não levantou as mãos. Se não houve um arrependimento verdadeiro lá no íntimo.

Deus, pelo seu grande amor "Nisto se manifestou o amor de Deus para conosco: em que Deus enviou seu Filho unigênito ao mundo, para que por meio dele vivamos". (I João 4:9),elaborou um plano desde a fundação do mundo, e o colocou em prática quando enviou Jesus Cristo para esta terra "Porque Deus enviou o seu Filho ao mundo, não para que julgasse o mundo, mas para que o mundo fosse salvo por ele". (João 3:17) afim de que, por meio dEle fossemos salvos, por intermédio dEle tivéssemos vida "Porque o pão de Deus é aquele que desce do céu e dá vida ao mundo". (João 6:33), mas para que isso realmente aconteça precisamos aceitá-LO e deixar de lado os nossos pecados. É necessário que abandonemos nossas transgressões contra Deus para podermos definitivamente sair da escuridão, das trevas deste mundo e passar a andar na luz. "Eu, que sou a luz, vim ao mundo, para que todo aquele que crê em mim não permaneça nas trevas". (João 12:46).

Notamos infelizmente, que não é o que tem realmente acontecido com o ser humano. As pessoas não têm aceitado a Cristo em suas vidas e têm preferido andar, ainda, nos caminhos maus, com direção sim, mas que leva à perdição. "E o julgamento é este: A luz veio ao mundo, e os homens amaram antes as trevas que a luz, porque as suas obras eram más". (João 3:19).

Então, agora você já sabe qual é a vontade de Deus para sua vida? Veja o que o Senhor diz: "Portanto, eu vos julgarei, a cada umconforme os seus caminhos, ó casa de Israel, diz o Senhor Deus. Vinde, econvertei-vos de todas asvossas transgressões, para que ainiqüidade não vos leve à perdição. Lançai de vós todas as vossas transgressões que cometestes contra mim; e criai em vósum coração novo e um espírito novo; pois,por que morrereis, ó casa de Israel, Porquenão tenho prazer na morte de ninguém, diz o Senhor Deus;convertei-vos, pois, e vivei". (Ezequiel 18:30-32).

Não se engane nem pense você, meu amigo (a) que para se levantar contra Deus é necessário fazer tudo quanto fez Israel, de forma alguma, basta apenas não fazer a vontade de Deus. Basta se esquecer de Deus, que é um dos maiores pecados. "Os ímpios irão para o inferno, sim, todas as nações que se esquecem de Deus". (Salmos 9:17).

Deus não quer que o homem (ser humano) sofra, nem que viva no pecado ou que vá para o inferno, que é um lugar terrível e não foi feito para o ser humano, mas sim para satanás e seus anjos e, quando Deus julgar e lançar alguns para esse lugar, não foi pela vontade de Deus, mas pela livre escolha de cada um: "Então dirá também aos que estiverem à sua esquerda: Apartai-vos de mim, malditos, para o fogo eterno, preparado para o Diabo e seus anjos". (Mateus 25:41). Deus quer sim que o homem reconsidere e se converta de seu caminho perverso e maldito para que viva eternamente ao Seu lado. Não existem muitas hipóteses ou respostas como muitos pensam, apenas sim ou não. Posso perguntar: Você é servo de Deus ou não? É um crente ou não? É incrédulo ou cristão? É um convertido ou não? Não há meio termo.

"Portanto, eu vos julgarei, a cada um conforme os seus caminhos...". (Ezequiel 18:30). Veja, Deus não é um tirano, Deus tem misericórdia, Deus tem amor em abundância para dar, mas também Ele é justo em abundância, e, sem dúvida julgará cada um segundo suas obras praticadas aqui nesta terra. Por isso é necessário que deixemos todas as nossas transgressões de lado, é necessário que abandonemos nossos pecados. "... Vinde, e convertei-vos de todas as vossas transgressões, para que a iniqüidade não vos leve à perdição...". (Ezequiel 18:30). Certo é que a única vontade de Deus é que nos convertamos deixando o lado de satanás, que é o adversário, o inimigo do Senhor, e, passamos para a viver nos caminhos de Deus, e praticando o amor, a bondade, a misericórdia, as boa obras de um cristão, ao Seu lado. "Para que o homem de Deus seja perfeito, e perfeitamente preparado para toda boa obra". (II Timóteo 3:17).

Quando não aceitamos o amor de Deus e não cremos em Seu Filho Jesus, estamos andando com o Diabo e em conseqüência nada receberemos de Deus, e com plena certeza nada podemos receber, pois não estamos querendo. O pecado nos afasta de Deus criando uma barreira, mas existe um modo, a Sua Graça e bondade são infinitas, quando aceitamos a Cristo temos Sua promessa de salvação eterna. "Para que, assim como o pecado veio a reinar na morte, assim também viesse a reinar a graça pela justiça para a vida eterna, por Jesus Cristo nosso Senhor". (Romanos 5:21).

O pecado é uma pedra de tropeço. Tal como surgiu o pecado no Jardim do Éden com Adão e Eva, hoje o pecado se tornou pedra de tropeço na sociedade, nas famílias, na humanidade de um modo geral. O pecado é que faz com que o ser humano (homem, mulher, jovem, rico, pobre, livre ou escravo) não se aproxime de Deus. "Porque o salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna em Cristo Jesus nosso Senhor". (Romanos 6:23). Quando aquele que não é cristão está sendo evangelizado ou está tentando buscar a Deus, sempre aparecerá um ardil de satanás para impedir. "Quem comete pecado é do Diabo; porque o Diabo peca desde o princípio. Para isto o Filho de Deus se manifestou: para destruir as obras do Diabo". (I João 3:8). Não é fácil uma pessoa sem Deus se converter, justamente porque o inimigo está e sempre estará nas proximidades querendo impedir que seus seguidores se aproximem do Senhor Deus Todo Poderoso. O Diabo sabe que no momento que ele hesitar perderá terreno. "Sede sóbrios, vigiai. O vosso adversário, o Diabo, anda em derredor, rugindo como leão, e procurando a quem possa tragar". (I Pedro 5:8).

O pecado tem sido e será o meio de transporte do jovem, do adolescente, do adulto, do vovô, do advogado, do rico, do pobre, de cada ser humano em particular, para o inferno. Não há como Deus abençoar uma pessoa que viva ou permaneça no pecado. "Porque se voluntariamente continuarmos no pecado, depois de termos recebido o pleno conhecimento da verdade, já não resta mais sacrifício pelos pecados". (Hebreus 10:26).

Veja meu amigo(a), pode ser que você já tenha ouvido ou lido mensagens como esta por diversas vezes e o pecado não deixou que você aceitasse a verdade, Cristo Jesus. Pedro conhecia bem o Deus que servia e tinha plena certeza de que Deus não é só amor, mas justiça também. "Qualquer que confessar que Jesus é o Filho de Deus, Deus permanece nele, e ele em Deus". (I João 4:15). "Qualquer que nega o Filho, também não tem o Pai; aquele que confessa o Filho, tem também o Pai". (I João 2:23). Não deixe que isso continue acontecendo em sua vida. O pecado é lixo, e o que normalmente fazemos com lixo? O pecado é como uma doença contagiosa que vai se alastrando pouco a pouco. É necessário que busquemos "urgentemente" pela cura, pelo remédio certo para essa doença... Jesus!

"Criai em vós um coração novo e um espírito novo...". (Ezequiel 18:31). Deus quer que criemos em nós um coração novo, um coração puro, quebrantado, humilde, transformado. Uma nova fase se inicia com a conversão de uma pessoa, então é necessário haver um novo comportamento, uma nova vida. "Pelo que, se alguém está em Cristo, nova criatura é; as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo". (II Coríntios 5:17).

Deus olha para a humanidade e fica tremendamente triste. Difícil é podermos ver nos dias atuais, cristão verdadeiros. Existem muitos que se dizem crentes, mas infelizmente não conseguimos, muitas vezes, encontrar nem vida cristã nem atos que confirmem tal afirmação. Isso tem deixado muitas pessoas se perguntando: Ser cristão é isso? É assim que se porta um cristão? O mau testemunho está por toda parte e tem se alastrado nas igrejas de um modo geral. E o amor de Deus é tão infinito que não recebemos Sua justiça conforme merecemos. Mesmo para essas pessoas Deus não diz como o homem: "olho por olho e dente por dente", mas Ele diz: "Tem que se converter".

Deu faz uma pergunta: "... por que morrereis...". (Ezequiel 18:31; 33:11). Eu também preciso enfatizar e diversificar esta pergunta: "Por que razão meu amigo, você que ainda não é um crente, quer morrer espiritualmente?" "Por que razão você quer ir para o inferno?" "Por que você prefere desprezar a Cristo?" Não existe uma razão plausível sequer para não se obter a salvação, para não se converter. Se há preciso conhecer! Pense em apenas um motivo para que você não se converta. Por que razão sofrer? Digo mais ainda, jamais conte com o dia de amanhã, pois, se esse for o seu caso, desculpe, mas preciso decepcioná-lo, talvez e somente talvez, você não esteja aqui e nem mesmo eu, mas existe uma diferença entre os pronomes eu e você, não só na conjugação como também nesta situação. Eu posso dizer o que Paulo falou a Timóteo e aos irmãos: "Por esta razão sofro também estas coisas, mas não me envergonho; porque eu sei em quem tenho crido, e estou certo de que ele é poderoso para guardar o meu depósito até aquele dia". (II Timóteo 1:12), e você, meu amigo (a) tem crido em quem? Para onde irá você? Onde você passará sua eternidade? Terá você escolhido passar no céu ou no inferno?

Deus não tem prazer na morte de qualquer ser humano ímpio, aquele que comete impiedades, maldades. Pelo contrário, Deus quer que essas pessoas se convertam. "Porque não tenho prazer na morte de ninguém, diz o Senhor Deus; convertei-vos, pois, e vivei". (Ezequiel 18:32). "Dize-lhes: Vivo eu, diz o Senhor Deus, que não tenho prazer na morte do ímpio, mas sim em que o ímpio se converta do seu caminho, e viva. Convertei-vos, convertei-vos dos vossos maus caminhos; pois, por que morrereis, ó casa de Israel?". (Ezequiel 33:11). "Tenho eu algum prazer na morte do ímpio? Diz o Senhor Deus. Não desejo antes que se converta dos seus caminhos, e viva?". (Ezequiel 18:23). Não é o que acontece com os cristãos. Deus vê graça na morte de um crente. Será isso estranho? De modo algum, o cristão já tem reservado por Deus um lugar ao Seu lado e, assim que um crente, um filho de Deus parte desse mundo para a Terra Celestial, ele é transformado e passa a viver ao lado de Deus, Jesus e os anjos. "Preciosa é à vista do Senhor a morte dos seus santos". (Salmos 116:15). Paulo sabia o Deus que tinha e acreditava na promessa de viver eternamente com Jesus. "Porque para mim o viver é Cristo, e o morrer é lucro". (Filipenses 1:21).

Será, meu amigo (a) que você hoje entendeu o Plano de Salvação de Deus e está disposto a abandonar seus pecados, suas transgressões, suas iniqüidades cometidas e aceitar de uma vez por todas a vontade de Deus para sua vida? Deus não quer muito! Ele só quer que a pessoa se arrependa e creia em Suas promessas, tal como a promessa de vida eterna ao Seu lado. Veja o que diz o João o apóstolo "E o testemunho é este: Que Deus nos deu a vida eterna, e esta vida está em seu Filho". (I João 5:11). "E esta é a promessa que ele nos fez: a vida eterna". (I João 2:25). O profeta Ezequiel, quando recebe a mensagem de Deus para falar ao povo ele diz para se converterem de seus maus caminhos para que tenham vida, ou seja, para que não morram. "... Convertei-vos, pois, e vivei...". (Ezequiel 18:32). Aqui não se trata de morte física, pois todo ser humano morrerá e não seria necessário deixar escrito na Bíblia tais palavras, mas a morte que Deus fala aqui é a morte espiritual, a morte eterna, a eterna separação de Deus.

Muitas vezes ouvimos frases em velórios, ditas por pessoas que certamente não conhecem o Verdadeiro Evangelho de Cristo, tal como: "Que Deus o tenha em bom lugar" "Que Deus o guarde", veja, depois da morte física não há mais como Deus colocar essa ou aquela pessoa, que não nasceu de novo, que não aceitou Jesus, num bom lugar. E nas próprias palavras de Jesus podemos ver tal afirmação "Respondeu-lhe Jesus: Em verdade, em verdade te digo que se alguém não nascer de novo, não pode ver o reino de Deus". (João 3:3). "Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna". (João 3:16). Não existe a menor chance de Cristo estar falando aqui que um ser humano viverá, na carne, eternamente. Cristo está dizendo que para sua alma ir para o céu é necessário acreditar que Deus é o Pai e que Jesus é o Filho e também que é necessário aceitar ao Filho como Salvador, do contrário, a pessoa já está condenada, e Cristo é enfático nessa frase "... mas quem não crê, já está julgado...", não existe a menor possibilidade de alteração no julgamento de Deus, assim o destino da alma será horrível. "Quem crê nele não é julgado; mas quem não crê, já está julgado; porquanto não crê no nome do unigênito Filho de Deus". (João 3:18). O juízo de Deus não pode ser alterado, mas você pode mudar seu rumo. Ao invés de hesitar e ser condenado, apenas creia e esteja livre.

A pessoa sem Jesus aqui na terra está com sua alma em estado terminal, está vegetando, espiritualmente falando. Meu amigo seja você: bonito ou feio, rico ou pobre, culto ou inculto, a única saída é "... Convertei-vos, pois, e vivei...". (Ezequiel 18:32). E se convertendo receberá, pela graça de Deus, a vida eterna "E a vida eterna é esta: que te conheçam a ti, como o único Deus verdadeiro, e a Jesus Cristo, aquele que tu enviaste". (João 17:3).

Há 2011 anos atrás, Jesus orou por todos nós pecadores. E essa é a vontade de Deus para nossas vidas. O plano de Deus não é condenação, é salvação eterna de sua alma. "Porque Deus enviou o seu Filho ao mundo, não para que julgasse o mundo, mas para que o mundo fosse salvo por ele". (João 3:17). Paulo também mostra a vontade de Deus quando escreve ao seu companheiro Timóteo, depois que ensina os irmãos a orar pela salvação de outras pessoas, explica "Pois isto é bom e agradável diante de Deus nosso Salvador, o qual deseja que todos os homens sejam salvos e cheguem ao pleno conhecimento da verdade". (I Timóteo 2:4).

Muitas vezes as pessoas sabem quem é o verdadeiro Deus só não querem acreditar no que Ele é capaz de fazer. Uma grande prova é a própria Palavra de Deus. Ela diz que todos ouvirão a respeito de Jesus antes que Ele volte novamente. Todos terão a chance de O aceitar. "Mas vós, amados, não ignoreis uma coisa: que um dia para o Senhor é como mil anos, e mil anos como um dia. O Senhor não retarda a sua promessa, ainda que alguns a têm por tardia; porém é longânimo para convosco, não querendo que ninguém se perca, senão que todos venham a arrepender-se". (II Pedro 3:8-9). Já imaginou meu amigo, você pode ser uma das pessoas por quem Cristo está aguardando.

Não se esqueça dessas palavras que você leu. E espero que quando se lembrar desta mensagem já não seja tarde demais. Quando você já não mais estiver aqui. Quando não mais puder usufruir o livre arbítrio [que é seu direito de escolha]. "O que encobre as suas transgressões nunca prosperará; mas o que as confessa e deixa, alcançará misericórdia". (Provérbios 28:13). Não deixe passar em vão, recebe a graça de Deus para sua vida. "E nós, cooperando com ele, também vos exortamos a que não recebais a graça de Deus em vão". (II Coríntios 6:1). Não faça pouco caso. Não fique achando que são apenas mais palavras, aqui está a plena e pura verdade da vontade de Deus para o ser humano. Não perca esta oportunidade. Aceite essa verdade! É necessário estar vivo para escolher ou se arrepender! "Porque diz: No tempo aceitável te escutei e no dia da salvação te socorri; eis aqui agora o tempo aceitável, eis aqui agora o dia da salvação". (II Coríntios 6:2).

Agora você já conhece a vontade de Deus para sua vida. Existe uma coisa que só você pode fazer. Nem mesmo seu melhor amigo ou amiga, nem seu pai ou sua mão, sua esposa ou seu marido, ninguém pode fazer isto por você. E você pergunta: Mas o que é isto? É abrir a porta do seu coração para Jesus ou deixá-la fechada. "Filho meu, dá-me o teu coração; e deleitem-se os teus olhos nos meus caminhos". (Provérbios 23:26). Faça uma boa escolha, não deixe seu coração trancado, Ele só consegue entrar se você o abrir e convidar. Jesus diz: "Eis que estou à porta e bato; se alguém ouvir a minha voz, e abrir a porta, entrarei...". (Apocalipse 3:20). Busque a Deus de todo o seu coração e confesse essa fé em Cristo. Ele quer entrar e limpar toda a sujeira que existe e vai renovar tudo. "Porque, se com a tua boca confessares a Jesus como Senhor, e em teu coração creres que Deus o ressuscitou dentre os mortos, será salvo". (Romanos 10:9). Veja o recado que Deus pediu que o grande profeta Jeremias trouxesse: "Então me invocareis, e ireis e orareis a mim, e eu vos ouvirei. Buscar-me-eis, e me achareis, quando me buscardes de todo o vosso coração". (Jeremias 29:12-13). Seja sincero com você mesmo e com Deus. Não endureça o seu coração. "Não endureçais agora a vossa cerviz, como fizeram vossos pais; mas submetei-vos ao Senhor, e entrai no seu santuário que ele santificou para sempre, e servi ao Senhor vosso Deus, para que o ardor da sua ira se desvie de vós". (II Crônicas 30:8 e Hebreus 3:8, 15 e 4:7).

Introdução  Mensagens