História - II Crônicas

Este livro é uma continuação de I Crônicas e um suplemento do livro de Reis. A história de Judá narrada aqui é, em termos gerais, um quadro sombrio de instabilidade e apostasia, mesclada com períodos de reforma espiritual.

Autor: Indeterminado. Acredita-se que tenha sido revisado por Esdras, I e II Crônicas são um só livro no texto hebraico..

Quando foi escrito: 450 - 425 a.C.

Particularidades:
O elemento espiritual na história está mais ressaltado em Crônicas do que em Reis.
Os cinco períodos de reforma.

Outras ilustrações de referências que somente II Crônicas apresenta:
O piedoso discurso de Abdias, cap. 13:5-12.
Asa se esquece de Deus, cap. 16:12.
Alianças insensatas de Josafá, cap. 20:35.
A causa da lepra de Uzias, cap. 26:16-21.
Cativeiro e libertação de Manassés, cap. 33:11-13.

Cinco períodos de reforma são descritos:
1 Sob o rei Asa, cap. 15.
2 Sob o rei Josafá, cap. 17:6-10.
3 Sob o sacerdote Jeoiada e o rei Joás, cap. 23:16-19.
4 Sob o rei Ezequias, caps. 29-31.
5 Sob o rei Josias, caps. 34-35.

Sinopse:

Parte I.
O reinado de Salomão.
Os sacrifícios de Salomão em Gibeom, e sua sábia eleição, cap. 1.
A construção do templo, caps. 2-4.
A glória do Senhor enche a casa, cap. 5.
A oração de Salomão em dedicação do templo, cap. 6.
O Senhor de novo aparece a Salomão de noite, cap. 7.
A prosperidade e a fama de Salomão, cap. 8.
A visita da rainha de Sabá e a morte de Salomão, cap. 9.

Parte II.
A insensatez de Roboão, que causou a divisão do reino, cap. 10.

Parte III.
A história de vários reinados desde Roboão até Zedequias.
Abdias, cap.13;
Asa, caps. 14-16;
Josafá, caps. 17-20;
Jorão, cap. 21;
Acazias, 22:1-9;
Atalia (rainha), 22:10; 23:15;
Joás, cap. 24;
Amazias, cap. 25;
Uzias, cap. 26;
Jotão, cap. 27;
Acaz, cap. 28;
Ezequias, caps. 29-32;
Manassés, 33:1-20;
Amom, 33:21-25;
Josias, caps. 34-35;
Jeoacaz, 36:1-3;
Jeoiaquim, 36:4-8;
Joaquim, 36:9-10;
Zedequias, 36:11-13.

Mensagem Espiritual:
O poder da oração para obter êxito e vitória, caps. 11:16; 13:13-18; 14:11; 15:12; 17:4; 20:3; 26:5; 27:6; 30:18-20; 31:21; 32:20; 34:3.

Lições Espirituais:
A preeminência da sabedoria, cap. 1:7-12.
A glória do Senhor enche o templo preparado, cap. 5:13-14.
O espírito de louvor torna invencível o povo de Deus, cap. 20:20-25.

Assim morreu Saul por causa da sua infidelidade para com o Senhor, porque não havia guardado a palavra do Senhor; e também porque buscou a adivinhadora para a consultar, e não buscou ao Senhor; pelo que ele o matou, e transferiu o reino a Davi, filho de Jessé.

"II Crônicas 10:13-14"

A Bíblia Sagrada Esdras