História - II Samuel

Autor: Desconhecido (Samuel e Outros).

Quando foi escrito: 930 a.C.

Tema Principal: O reinado de Davi.

Primeiro Período: Os primeiros anos do reinado. Durante este período, o rei, embora tomasse parte em campanhas militares, comuns na época, manifestou uma disposição espiritual.

Parte I.
Eventos Preliminares:
Execução do amalequita que matou ao rei Saul, cap. 1:2-16.
O lamento de Davi por Saul e Jônatas , cap. 1:17-27.

Parte II.
Davi é Ungido do rei de Judá, cap. 2:4.

Parte III.
A Batalha entre os seguidores de Davi e os servos de Is-Bosete, cap. 2:8-32.

Parte IV.
Fatos que indicam a devoção do rei:
Sua busca da direção divina, cap. 2:1
O castigo aos que buscaram ganhar seu favor assassinando a seu rival, cap. 4:5-12.
Seu discernimento, depois de haver sido exaltado como rei de Israel, ao reconhecer que sua elevação havia vindo de Deus. cap. 5:1-12.
Sua humildade ao atribuir se êxito militar ao poder divino, cap. 5:20.
Seu entusiasmo pela volta da arca da aliança a Jerusalém, Cap. 6.
Seu desejo de erigir um templo ao Senhor e a dedicação de grande riqueza para sua construção. caps. 7-8.
Sua amabilidade para com o filho de Jônatas. cap. 9.

Período Médio:

Parte I.
O grande êxito militar do rei, cap. 10.

Parte II.
Sua queda e castigo.
Sua tentação, cap. 11:1-2.
Destruiu um lar e assassinou a Urias, cap. 11.
Os juízas divinos o alcançam. A denúncia do profeta Natã, 12:1-14. A morte da criança, cap. 12:15-19. O crime de seu filho Amnom, cap. 13:1-20. A rebelião de seu filho Absalão, caps. 15-18.

Período Final:
Os últimos anos de Davi, caps. 20-24.

Porções Seletas:
Generosidade de Davi para com Mefibosete, cap. 9.
A parábola de Natã, cap. 12:1-6.
O Salmo de ação de graças de Davi, cap. 22.

É meu Deus, a minha rocha, nele confiarei; é o meu escudo, e a força da minha salvação, o meu alto retiro, e o meu refúgio. O meu Salvador; da violência tu me livras.

"II Samuel 22:3"

A Bíblia Sagrada I Reis