Poéticos - Jó

Autor: Desconhecido. (Talvez Moisés).

Data: É o objeto de grande discussão. É visto por muitos eruditos como o livro mais antigo da Bíblia; outros o colocam em data tão recente como a época do exílio.

Lugar: A terra de Uz.

Tema Principal: O problema da aflição de Jó permitida por Deus. O livro é poético e pictórico em suas descrições, podendo ser dividido em doze cenas.

Cena I.
Jó e sua família antes da aflição. Jó aparece como um pai piedoso, não prejudicado pela prosperidade, ministrando como sacerdote de sua numerosa família, 1:5.

Cena II.
Satanás entra na presença divina, e insinua que Jó serve a Deus por causa de favores especiais, 1:9-11.
Deus permite a Satanás provar a Jó com a perda de suas possessões e de seus filhos, 1:12-20.
Jó retém a sua integridade, 1:21-22.

Cena III.
Satanás volta à presença divina, declarando que se Jó fosse afligido no próprio corpo ele amaldiçoaria a Deus, 2:1-5.
Deus permite que Satanás atinja Jó com horrível enfermidade, 2:7-8.
O conselho blasfemo de sua esposa e a submissão triunfante de Jó, 2:9-10.

Cena IV.
A chegada dos três amigos de Jó e os sete dias de silenciosa condolência, 2:11-13.

Cena V.
A paciência de Jó começa a acabar, e ele expressa sua queixa, cap. 3.

Cena VI.
Amargas e infrutíferas discussões acerca das aflições de Jó entre este e seus três amigos. Seus amigos sustentam que o sofrimento é o resultado de pecado pessoal. Jó se defende e mantém a sua inocência, caps. 4-31.

Cena VII.
Eliú entra na discussão, caps. 32-37.

Cena VIII.
De um redemoinho o Senhor responde a Jó com palavras de luz e repreensão, caps. 38-39.

Cena IX.
A confissão de Jó, 40:3-5.

Cena X.
O Senhor fala pela segunda vez, 40:7-41:34.

Cena XI.
A segunda confissão de Jó, 42:1-6.
O Senhor repreende a Elifaz, a Bildade e a Zofar por suas palavras insensatas e ordena-lhes que ofereçam sacrifícios, 42:7-9.

Cena XII.
Jó ora por seus amigos; sua própria prosperidade é restaurada e morre em avançada idade, 42:10-17.

Lições Sugeridas:
O maligno poder de Satanás na vida humana.
O uso do sofrimento no plano divino como um meio de aperfeiçoar o caráter.

Porções Seletas:
O discurso de Jó sobre a sabedoria, cap. 28.

Pois eu sei que o meu Redentor vive, e que por fim se levantará sobre a terra. E depois de consumida esta minha pele, então fora da minha carne verei a Deus.

"Jó 19:25-26"

A Bíblia Sagrada Salmos