Profetas Maiores - Lamentações de Jeremias

É uma continuação do livro de Jeremias.

Autor: Jeremias.

Quando foi escrito: 586 a.C.

Tema:

É uma série de elegias em forma de acrósticos, escritas como se fossem para um funeral nacional, que descrevem a tomada e a destruição de Jerusalém.

Na Septuaginta se encontram as seguintes palavras de introdução, "E Sucedeu", depois que Jerusalém foi levada ao cativeiro, que Jeremias se sentou a chorar e a lamentar, e lançou seu lamento sobre Jerusalém.

Nas escrituras hebraicas os capítulos 1, 2, 4 e 5 têm cada um vinte e dois versos, e cada verso começa com cada uma das 22 letras do alfabeto hebraico em ordem.

No capítulo 3 os primeiros três versos começam com a letra alef, os segundos três com a letra bet, e assim, sucessivamente.

O capítulo 5 tem vinte e dois versos, mas não estão em forma de acróstico.

Sinopse:
A ruína de Jerusalém e o sofrimento dos exilados, devido aos seus pecados, capítulo 1.

O Senhor, o defensor de Israel desde a antigüidade, abandonou a seu povo (devido ao pecado) ao seu terrível destino, capítulo 2.

A dor de Jeremias sobre as aflições de seu povo, sua confiança em Deus e sua própria perseguição, capítulo 3.

A glória passada de Israel em contraste com sua aflição presente, capítulo 4.

Oração pedindo misericórdia, capítulo 5.

Tu, Senhor, permaneces eternamente; e o teu trono subsiste de geração em geração.

"Lamentações de Jeremias 5:19"

A Bíblia Sagrada Ezequiel