O Corajoso

Em uma destas noites paulistanas, um jovem milionário promoveu uma festa em uma de suas gigantescas mansões...

Em determinado momento da noite, ele pede para que a música pare e diz olhando para a piscina onde criara crocodilos australianos:
- Quem pular na piscina e conseguir atravessá-la saindo vivo, ganhará meus lindos carros! Alguém se habilita?
Ninguém responde.

Insiste o milionário:
- Quem pular na piscina e conseguir atravessá-la saindo vivo, ganhará além dos carros, os meus aviões!
Impera um silêncio tumular!

Mais uma vez, ele oferta:
- Quem pular na piscina e conseguir atravessá-la saindo vivo, ganhará além dos carros, e dos meus aviões, todas as minhas mansões!

Neste momento alguém salta para a sorte! Lutas intensas, segura a boca de crocodilos com pés e mãos, torce a cauda do réptil!
Nossa, quanta violência, emoção, parecia Crocodilo Dandy!
Impressionante, após alguns minutos de terror e pânico, sai o corajoso homem, cheio de arranhões, hematomas, e quase despido.

O rico dá os parabéns ao homem e pergunta:
- Onde quer que eu lhe entregue os carros?

Responde o homem:
- Não quero seus carros não!

O rico insiste e pergunta:
Onde quer que eu lhe entregue os aviões?

Mais uma vez o homem responde:
- Não quero nada que é seu

O rico estranhando a reação do corajoso homem pergunta:
- Mas, e as mansões?

O homem:
- Eu tenho uma boa casa, não preciso das suas. Pode ficar com elas!

Todos impressionados, o rico questiona:
- Mas se não quer nada do que lhe ofertei, o quer então?

O homem respondeu gritando:
- Achar o imbecil que me empurrou na piscina!

Graças, porém, a Deus que em Cristo sempre nos conduz em triunfo, e por meio de nós difunde em todo lugar o cheiro do seu conhecimento.

"II Coríntios 2:14"

Inúteis O Pescoço do Avestruz