Quando Não há Nada Mais a Fazer

Um homem desesperado, desiludido de tudo, subindo ao 20º andar de um edifício encontrou uma sala vazia, entrou, trancou a porta, subiu na janela tomando coragem para pular e acabar com a sua vida.

Começou a juntar uma enorme multidão de curiosos lá embaixo.
Todos olhando para cima esperando a qualquer momento que o infeliz saltasse e se esborrachasse no asfalto.
Algumas mulheres choravam nervosas, outras oravam, outras gritavam palavras animadoras. E o suicida lá; continuava indiferente ao que se passava lá embaixo, preparando-se para pular.

Entretanto apareceram os bombeiros, a imprensa, etc.

O trânsito parou, engarrafamento total. Os bombeiros subiram ao andar e tentaram arrombar a porta, mas a mesma era blindada e não conseguiram.
Eis que um bombeiro conseguiu entrar em um apartamento ao lado e se debruçou no parapeito. O bombeiro tenta conversar com o suicida para que ele não cometa aquele ato:
- Pensa nos teus pais, como eles vão sofrer, implorou o bombeiro.
- Eu sou órfão. Responde o homem.
- Então pensa na sua esposa, nos seus filhos que vão ficar desesperados.
- Eu sou solteiro, complementa.
- E a namorada?
- Não tenho namorada.

Aí o bombeiro ficou atrapalhado, sem saber mais o que dizer, mas teve uma idéia:
- Então pensa no São Paulo, meu amigo!! No Tricolor, Bi Campeão Mundial, nas tantas glórias desse nosso grande time!
Pensa só...
São Paulo....!!!
São Paulo....!!!
São Paulo....!!!

- Eu sou Palmeirense. Disse o homem.

- Palmeirense???
Pergunta o bombeiro.

Então pula logo imbecil, está esperando o que???

Assim como Abraão creu a Deus, e isso lhe foi imputado como justiça. Sabei, pois, que os que são da fé, esses são filhos de Abraão.

"Gálatas 3:6-7"

Inúteis Receita de Peru com Whisky