Crer ou Confiar

Esta história aconteceu numa linda e clara manhã, com um maravilhoso sol brilhando. Uma grande multidão estava reunida em uma Catarata muita conhecida, para ver um famoso artista andar sobre uma corda. O sol reluzia nas torrentes da cascata, quando esta se precipitava violentamente e até se podia ouvir o incessante trovejar das fortes quedas d’água ao fundo.

O grande artista então, testou a corda esticada que ia de uma à outra margem. Então pegou sua vara comprida, e, habilmente equilibrando-se, começou a travessia. A multidão assistia nervosamente, cada passo dado pelo equilibrista.

Se olharmos pelos fatos, sendo este um famoso e conceituado equilibrista, não havia razão para tanto nervosismo, pois o artista não só atravessou, como retornou são e salvo.

O equilibrista olhando para a multidão extasiada disse: "repetirei esta façanha, porém, agora levarei alguém em minhas costas".

Então perguntou ele a todos os presentes:- "Quem quer ir comigo?".

Podemos sem qualquer dúvida saber qual seria a resposta da multidão. Ninguém se prontificou. Ninguém quis ir. Foi um silencio total.

O artista, então, escolhendo um homem ao acaso, perguntou:- "Acredita que sou capaz de repetir a travessia com você em meus ombros?".

O homem escolhido respondeu:- "Sim, acredito".

O artista então disse:- "Bem, então vamos atravessar".

O homem retirando-se respondeu:- "Não, por nada desta vida".

E assim, um após outro, todos se recusaram a atravessar nos ombros do artista, mesmo expressando confiança nele.

Finalmente, um jovem se apresentou e aceitou o desafio. Imediatamente subiu nos ombros do artista, que habilmente começou a nova travessia através das cataratas, sem qualquer dificuldade.

O que podemos notar aqui é que muitos acreditavam que o equilibrista podia atravessar, mas só um entre toda a multidão confiava a ponto de se entregar.

Uma coisa é crer em alguém, e outra completamente diferente, é confiar nós mesmos a essa pessoa.

Por exemplo: muitos acreditam nos fatos básicos a respeito de JESUS CRISTO:

Veja bem, acreditar que Cristo é o Filho de Deus não é, de forma alguma, motivo para nos vangloriarmos e sim para nos policiar e ver se não estamos apenas falando da boca para fora, pois na Palavra de deus, a Bíblia, notamos que até mesmo os demônios crêem e sabem que Jesus é o Filho de Deus. "E, tendo chegado ao outro lado, à província dos gadarenos, saíram-lhe ao encontro dois endemoninhados, vindos dos sepulcros; tão ferozes eram que ninguém podia passar por aquele caminho. E eis que clamaram, dizendo: Que temos nós contigo, Jesus, Filho de Deus? Vieste aqui atormentar-nos antes do tempo?" (Mateus 8:28-29). "E os espíritos imundos vendo-o, prostravam-se diante dele, e clamavam, dizendo: Tu és o Filho de Deus".(Marcos 3:11).

Que Ele é o eterno Filho de Deus:
"Estes, porém, estão escritos para que creiais que Jesus é o Cristo, o Filho de Deus, e para que, crendo, tenhais vida em seu nome". (João 20:31; Mateus 14:33; Marcos 1:1; Lucas 4:41; João 1:34 e 49; 3:18; Atos 8:37; II Coríntios 1:19; Gálatas 2:20; Hebreus 4:14).

Que nasceu de uma virgem chamada Maria:
"Todos estes perseveravam unanimemente em oração, com as mulheres, e Maria, mãe de Jesus, e com os irmãos dele". (Atos 1:14).

Que pelo amor de Deus por nós, foi condenado e crucificado:
"E, achado na forma de homem, humilhou-se a si mesmo, sendo obediente até à morte, e morte de cruz". (Filipenses 2:8; João 19:25).
"Saiu, pois, Jesus fora, levando a coroa de espinhos e roupa de púrpura. E disse-lhes Pilatos: Eis aqui o homem". (João 19:5).


Que morreu e foi sepultado num sepulcro escavado nas rochas:
"O qual, tendo comprado um pano de linho, tirou da cruz o corpo, envolveu-o no pano e o depositou num sepulcro aberto em rocha; e rolou uma pedra para a porta do sepulcro". (Marcos 15:46; Lucas 23:53).

Que morreu por nós pecadores e levou consigo o jugo de nosso pecado:
"Vemos, porém, aquele que foi feito um pouco menor que os anjos, Jesus, coroado de glória e honra, por causa da paixão da morte, para que, pela graça de Deus, provasse a morte por todos". (Hebreus 2:9; Gálatas 2:20).

Que ressuscitou ao terceiro dia e voltou para o céu:
"Mas também por nós, a quem será tomado em conta, os que cremos naquele que dentre os mortos ressuscitou a Jesus nosso Senhor". (Romanos 4:24).
"Ele não está aqui, porque já ressuscitou, como havia dito. Vinde, vede o lugar onde o Senhor jazia. Ide pois, imediatamente, e dizei aos seus discípulos que já ressuscitou dentre os mortos. E eis que ele vai adiante de vós para a Galiléia; ali o vereis. Eis que eu vo-lo tenho dito." (Mateus 28:6-7).
"Ele, porém, disse-lhes: Não vos assusteis; buscais a Jesus Nazareno, que foi crucificado; já ressuscitou, não está aqui; eis aqui o lugar onde o puseram". (Marcos 16:6).


Que está sentado à direita de Deus Pai, onde sempre foi seu lugar de glória. (Hebreus 12:2).:
"Olhando para Jesus, autor e consumador da fé, o qual, pelo gozo que lhe estava proposto, suportou a cruz, desprezando a afronta, e assentou-se à destra do trono de Deus". (Hebreus 12:2).

Que voltará em breve, para buscar os remidos, os salvos:
"... Eis que cedo venho". (Apocalipse 22:7 e 12).
"Certamente cedo venho. Amém; vem, Senhor Jesus". (Apocalipse 22:20).


Crêem sim, mas não confiam a Ele suas vidas. Crêem que Ele pode salvá-los, mas não se permitem serem salvos. Crer em Cristo é muito mais do que simplesmente acreditar nos fatos históricos sobre Ele. O primeiro passo a ser dado, é reconhecer-se como pecador. É saber que para Deus somos apenas trapos de imundície. Que somos miseráveis criaturas.

É perceber que Jesus é o "Único Caminho" que nos leva a Deus. É entender que não há salvação eterna em nenhum outro.

Finalmente, crer em Jesus é confiar você mesmo completamente, inteiramente a Ele, para um dia estar com Ele para sempre no céu. É entregar-se de corpo e alma. É tornar-se um vaso novo, uma nova pessoa, com um novo espírito – o Espírito Santo de Deus. É deixar para trás nosso próprio eu, abdicando aquilo que achamos que é certo. É estar nos convertendo, melhorando a cada dia da vida miserável que levamos.

Tudo isto passa a ser um ato definitivo da fé pelo qual recebe-se o Senhor Jesus como Senhor e Salvador de sua vida. E o que é a fé? a Bíblia nos diz o que é a fé:- "Ora, a fé é o firme fundamento das coisas que se esperam, e a prova das coisas que não se vêem ( Hebreus 11:1 ).

Quando lemos na Palavra de Deus: "Crê no Senhor Jesus Cristo e serás salvo". (Atos 16:31), isso quer dizer, entregar a sua vida, confiando que Jesus pode te levar para o céu.

Você pode crer que Cristo pode salvá-lo, mas não é o suficiente. Você tem que agir pela fé, para definitivamente recebê-Lo como Salvador e Senhor. Receber a Cristo é nascer de novo, é tornar-se filho de Deus. Esteja certo que todo aquele que não nascer de novo não poderá ver o reino de Deus e ainda não é filho de Deus senão uma de suas criaturas. "Sabemos que todo aquele que é nascido de Deus não vive pecando; antes o guarda aquele que nasceu de Deus, e o Maligno não lhe toca". (I João 5:18). Devemos abandonar o pecado, pois todos sabemos que o pecado vem do Diabo. "Quem comete pecado é do Diabo; porque o Diabo peca desde o princípio. Para isto o Filho de Deus se manifestou: para destruir as obras do Diabo". (I João 3:8). Assim, e só assim é que você será salvo. Esta salvação é um presente de Deus. Somos salvos pela graça, não merecemos e nem mesmo nada fazemos para que possamos ser salvos, é um dom imerecido que Deus nos confere. "Estando nós ainda mortos em nossos delitos, nos vivificou juntamente com Cristo (pela graça sois salvos)". (Efésios 2:5) e "Porque pela graça sois salvos, por meio da fé, e isto não vem de vós, é dom de Deus; não vem das obras, para que ninguém se glorie". (Efésios 2:8-9).

Confie nÊle agora, aceite-O, confesse a Jesus como seu Salvador e estarás salvo para viver por toda a eternidade, livre da condenação do Inferno e o Lago de Fogo. (Apocalipse 21:8).
"Quem tem o Filho tem a vida; quem não tem o Filho de Deus não tem a vida. (I João 5:12).
e Qualquer que confessar que Jesus é o Filho de Deus, Deus permanece nele, e ele em Deus". (I João 4:15).

Estas coisas vos escrevo, a vós que credes no nome do Filho de Deus, para que saibais que tendes a vida eterna

"I João 5:13"

Mensagens Bíblicas A Cruz - Todos Devemos Carregar