De Quem Será o Meu Patrimônio?

Estamos aqui, vivendo neste mundo, e, nele incansavelmente trabalhamos e batalhamos para adquirir nossas próprias coisas. Muitos trabalham apenas para conseguir seu sustento, o que é louvável perante Deus, mas muitos sequer precisam mais trabalhar e, acabam trocando o bom pelo melhor, e, muitos outros até exageram nas maneiras pelas quais irão conseguir seus bens materiais, que, muitas vezes acabam até sendo de certa forma ilícitas. E estes bens, para quem ficará daqui a 50 anos? Quem os terá possuído após você? É evidente que não temos a resposta para essas perguntas! Existem pessoas que sequer pensam em tais coisas, às vezes, irão pensar nesse assunto tão sério quando for tarde demais. Ao atingirmos certa idade, conseguimos raciocinar melhor e pensar na vida como realmente ela é, dar o devido valor às coisas que realmente importam e fazem diferença.

Acumulamos muitas coisas, durante nossa curta passagem por aqui, neste mundo:
A criança ajunta seus brinquedos, suas figurinhas, suas bonecas, seus carrinhos, ainda que entenda pouco da vida;
O jovem ajunta suas revistas tão cuidadosamente colecionadas, os raríssimos posters do time campeão, fotos da namorada (o), os discos, com algum entendimento, mas nunca se lembra de Deus;
E o adulto tem ajuntado seus jornais com notícias importantes, sua casa, seu carro, seus inúmeros diplomas, alguns livros e até mesmo um avião, mas infelizmente nada ficará totalmente intocável.

Eis, entretanto, algumas perguntas cruéis que preciso fazer a você que está lendo esta mensagem agora: Quem estará usando tudo aquilo que você conseguiu durante toda a sua vida? Quem estará com seu carro e sua casa após a sua morte? De que maneira será seus bens utilizados? Será que darão o mesmo valor que você deu e cuidarão da mesma forma? Nem mesmo sua esposa (seu marido) terá seus cuidados após sua morte. "A mulher casada está ligada pela lei todo o tempo que o seu marido vive; mas, se falecer o seu marido fica livre para casar com quem quiser, contanto que seja no Senhor." (I Coríntios 7:39). Todos morreremos. A morte é inevitável e também é mais um cumprimento da Bíblia: "Portanto, como por um homem entrou o pecado no mundo, e pelo pecado a morte, assim também a morte passou a todos os homens por isso que todos pecaram". (Romanos 5:12).

Temos, sem dúvida alguma, algo bem real no qual podemos pensar: Não temos e nunca teremos o menor controle sobre o uso que alguém fará sobre o nosso opulento ou mesquinho patrimônio, aquele que usamos as frases "isso é meu... tudo meu". Não é necessário que o leitor preocupe-se em responder às varias perguntas que fiz, mas que, pelo menos, se atente para a Palavra de Deus, onde nos deparamos com Salomão, um rei que teve tudo que alguém pudesse almejar, e viu tudo o que o olho humano pudesse ansiar ver; um dos homens mais sábios de todos os tempos, que deixou para toda a humanidade uma parcela de seu conhecimento, e ele nos diz:
"E olhei eu para todas as obras que fizeram as minhas mãos, como também o trabalho que eu, com fadigas, havia feito; e eis que tudo era vaidade e aflição de espírito, e que nenhum proveito havia debaixo do sol" (Eclesiastes 2:11).
"Por isso odiei esta vida, porque a obra com que me afadiguei debaixo do sol me era penosa; sim tudo é vaidade e aflição de espírito. Também odiei todo o meu trabalho, que realizei debaixo do sol, visto que eu havia de deixá-lo ao homem que viesse depois de mim" (Eclesiastes 2:17-18).
"Porque há homem cujo trabalho é feito com sabedoria, conhecimento, e destreza; contudo deixará o seu trabalho como porção a quem nele não trabalhou; também isto é vaidade e grande mal". (Eclesiastes 2:21).


Ainda que tenhamos trabalhado arduamente por toda a nossa vida, ainda que tenhamos feito nosso trabalho com sabedoria, ciência e destreza, sobre tudo o que ele nos render não teremos qualquer controle. O minuto seguinte de nossa vida pertence só e unicamente a Deus. Nossos ganhos serão usados por outros que pouco ou nada se esforçaram para merecê-lo ,e, às vezes nem o chegamos a conhecer. "Pois, quem sabe o que é bom nesta vida para o homem, por todos os dias da sua vida de vaidade, os quais gasta como sombra? Quem declarará ao homem o que será depois dele debaixo do sol?" (Eclesiastes 6:12).

Mas, podemos tirar grande proveito das palavras de Salomão, porque, depois de entender que tudo na verdade era vaidade, até mesmo seu trabalho e tudo o que adquiriu durante sua vida, ele chegou a conclusão que melhor seria colocar Deus na frente de sua vida, de seu trabalho e, em temor, deixar que Ele o guiasse. E sua conclusão foi: "De tudo o que se tem ouvido, o fim é: Teme a Deus, e guarda os seus mandamentos; porque isto é o dever de todo o homem. Porque Deus há de trazer a juízo toda a obra, e até tudo o que está encoberto, quer seja bom, quer seja mau". (Eclesiastes 12:13).

O que importa de fato é se, durante a nossa vida, ou seja, se enquanto estivermos vivos descobrimos o amor de Deus por nós (I João 4:16), amor esse que O fez dar seu Filho Jesus Cristo por nós. Pois se no final tivermos conquistado todas as coisas que ansiamos em nosso coração, mas não conseguimos salvar nossa alma, de que então valeu tanto que fizemos?
"Pois que aproveita ao homem ganhar o mundo inteiro, se perder a sua alma? Ou que dará o homem em recompensa da sua alma?" (Mateus 16:26).
"Pois, que aproveitaria ao homem ganhar todo o mundo e perder a sua alma? Ou, que daria o homem pelo resgate da sua alma?" (Marcos 8:36-37).


Não deixe que esta mensagem passe em branco na sua vida. Ainda há tempo, meu amigo, se você leu esta mensagem, o óbvio é que você está vivo e, teve mais uma oportunidade de voltar-se para Deus, aceitando seu Filho Unigênito Jesus Cristo em seu coração e passando a viver repleta de paz e amor. Busque-O enquanto há tempo. Aceite, aquilo que escrevi e dê atenção às palavras do profeta Isaías: "Buscai ao Senhor enquanto se pode achar, invocai-o enquanto está perto." (Isaías 55:6).

O resgate da vida do homem são as suas riquezas; mas o pobre não tem meio de se resgatar.

"Provérvios 13:8"

Mensagens Bíblicas Varrer Para Debaixo do Tapete