As Duas Sementes

Duas sementes descansam lado a lado no solo fértil na primavera. A primeira semente disse:

- Eu quero crescer! Quero enviar minhas raízes às profundezas do solo e fazer meus brotos rasgarem a superfície da terra... Quero sentir o calor do sol em minhas folhas e a benção do orvalho da manhã em minhas pétalas!
E assim ela cresceu.

A segunda disse:
- Tenho medo. Se eu enviar minhas raízes às profundezas, não sei o que encontrarei na escuridão. Se rasgar a superfície dura, posso danificar meus brotos... e se eu deixar que meus botões se abram e um caracol tentar comê-los?! E se abrir minhas flores e uma criança me arrancar do chão? Não é muito melhor esperar até que eu me sinta segura?

Uma galinha ciscando no solo da primavera recente, à procura de comida, rapidamente a encontrou e comeu a semente que estava à espera de segurança.

A primeira semente, sabia das bênçãos que Deus tem preparado. Ela sabia que se rasgasse o solo abaixo, quando ela geminasse e surgisse da terra, num pequeno e simples broto, cresceria e e tocaria sua pétalas e quando o sol nascesse tocaria suavemente suas folhas e assim se tornaria uma grande e frondosa roseira. E aconteceu exatamente dessa forma, Deus a abençoou. "A minha raiz se estendia junto às águas, e o orvalho permanecia sobre os meus ramos. (Jó 29:19).

Ao passo que a segunda, mesmo tendo tão grande amiga para aconselhar - a roseira - e ouvindo tão bons conselhos, achou por bem ficar sobre o solo e sequer tentou. Ao estar aguardando por segurança, sequer viu o sol.
Assim devemos ser quando tivermos um desafio, não devemos hesitar e recuar, precisamos ir em frente, e continuar sempre e sempre, com esperança, fé e amor. Esse é o desejo do Senhor Jesus. "Mas o justo viverá da fé; E, se ele recuar, a minha alma não tem prazer nele". (Hebreus 10:38). Desistindo, jamais nos sentiremos seguros e sim seremos covardes. "As obras das suas mãos são verdade e juízo, seguros todos os seus mandamentos". (Salmos 111:7).

O simples dá crédito a tudo; mas o prudente atenta para os seus passos.

"Provérbios 14:15"

Mensagens Bíblicas O Engano do Pecado