A Incredulidade

Deus foi grandioso em amor com Israel. Mandou 10 pragas e libertou o povo do cativeiro para levar para a terra prometida (Canaã). "Êxodo 14" e "Foi este que os conduziu para fora, fazendo prodígios e sinais na terra do Egito, e no Mar Vermelho, e no deserto, por quarenta anos". (Atos 7:36).

Assim somos nós os cristãos. Existem momentos na nossa vida que passamos por sofrimentos, dificuldades. Temos que entender que não importam quais são as aflições que passamos, pois Cristo disse: "Tenho-vos dito isto, para que em mim tenhais paz; no mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo, eu venci o mundo". (João 16:33). Se Jesus venceu, também venceremos. Se Deus está nos conduzindo aos céus, a uma nova terra, a Nova Jerusalém, então satanás tentará nos atrapalhar e ficará ao redor atormentando.

Israel tinha de um lado Faraó e de outro o Mar vermelho: - Ao invés de terem fé e lembrar-se do que Deus já havia feito, temeram.
Se tivermos problemas por todos os lados, é necessário que tenhamos fé, pois será através das turbulências que iremos vencer, mas devemos entregar tudo nas mãos do Senhor. Deus não tem prazer na queda de nenhum filho Seu, mas temos que confiar.

Israel em sua primeira dificuldade já começou a reclamar. "E disseram a Moisés: Não havia sepulcros no Egito, para nos tirar de lá, para que morramos neste deserto? Por que nos fizeste isto, fazendo-nos sair do Egito?" (Êxodo 14:11). Falta de fé, de coragem e de visão. Eles estavam contando com a morte mesmo antes de passar por ela. Sofrendo antes do acontecimento. "Não veio sobre vós tentação, senão humana; mas fiel é Deus, que não vos deixará tentar acima do que podeis, antes com a tentação dará também o escape, para que a possais suportar". (I Coríntios 10:13). Um homem de fé contra uma nação sem fé. Quem foi que disse a Moisés que eles seriam livrados? Ninguém! Foi sua fé no Senhor que o manteve ativo e o fez seguir adiante sem temor.

Mesmo sabendo o Senhor que Israel seria incrédulo e estava sendo ingrato, ainda os fez atravessar pelo mar seco. "Pela fé passaram o Mar Vermelho, como por terra seca; o que intentando os egípcios, se afogaram". (Hebreus 11:29).

A nossa incredulidade e infidelidade com Deus jamais vão mudar Sua misericórdia; o Senhor será sempre fiel porque não pode negar a Si mesmo. "Se formos infiéis, ele permanece fiel; não pode negar-se a si mesmo". (II Timóteo 2:13) e sempre estará nos estendendo sua mão de bondade. Israel mesmo depois de Deus salva-los, ainda assim duvidaram do poder do Senhor e não creram.

São murmuradores. Para Deus tanto faz você murmurar ou falar alto, Ele é Onisciente e tudo sabe. "Tendo, pois ali o povo sede de água, o povo murmurou contra Moisés, e disse: Por que nos fizeste subir do Egito, para nos matares de sede, a nós e aos nossos filhos, e ao nosso gado? (Êxodo 17:3);"E o povo murmurou contra Moisés, dizendo: Que havemos de beber?" (Êxodo 15:24). A nossa fé não deve estar firmada e nada deste mundo, apenas e tão somente no Senhor. Não importa, Moisés ou o pastor são apenas servos do Senhor, homens como nós que precisam também da ajuda de Deus. Temos que ser crentes que confiam, que crêem no braço forte de Deus. Não adianta falarmos com nossa boca: "sou crente" se as nossas atitudes não são de crentes. Quem tem amor e não ama, não espera ser amado.

Outra dificuldade, a fome, a sede e mais murmuração. Nossa incredulidade está baseada naquilo que nosso corpo, nossa carne precisa, não das espirituais. Desprezar o espiritual pela material é pecado.

O povo contende com Moisés por causa de suas necessidades carnais. Aquele que contende com o pastor, contende também com Deus.

Água da rocha. Até isso Deus providenciou. "Então contendeu o povo com Moisés, e disse: Dá-nos água para beber. E Moisés lhes disse: Por que contendeis comigo? Por que tentais ao Senhor?". (Êxodo 17:2). Moisés orou novamente a Deus intercedendo pelo povo e suplicou Sua ajuda, e, mais uma vez o Senhor estava ali, pronto a estender Sua mão. "Então disse o Senhor a Moisés: Passa diante do povo, e toma contigo alguns dos anciãos de Israel; e toma na tua mão a tua vara, com que feriste o rio, e vai. Eis que eu estarei ali diante de ti sobre a rocha, em Horebe, e tu ferirás a rocha, e dela sairão águas e o povo beberá. E Moisés assim o fez, diante dos olhos dos anciãos de Israel". (Êxodo 17:5-6).

Deus dá o precisamos no momento em que Ele achar melhor. Mas precisamos crer. Precisamos pedir da maneira que O agrade e, se for de Sua vontade e isso não for nos atrapalhar espiritualmente, certamente o Senhor nos dará. "E esta é a confiança que temos nele, que, se pedirmos alguma coisa, segundo a sua vontade, ele nos ouve. E, se sabemos que nos ouve em tudo o que pedimos, sabemos que alcançamos as petições que lhe fizemos". (I João 5:14-15).

Então o que temos pedido e como temos feito tal pedido ao Senhor? Será que estou pensando que Deus não me ouve? Tenho realmente crido?

Todas as veredas do Senhor são misericórdia e verdade para aqueles que guardam o seu pacto e os seus testemunhos.

"Salmos 25:10"

Mensagens Bíblicas A Inocência