Os Três Homens e o Gênio

Havia três homens, sendo um ingrato, um conformado, e um generoso. Certa vez foram visitados, no mesmo instante e local, por um gênio saído da lâmpada. Diante do inusitado, um deles falou:
- Gênio, o que nos traz?
- Rosas! - disse o Gênio.
E abrindo seu manto mágico, dele retirou três lindos buquês de rosas, que ofereceu aos visitados, entregando um para cada. Antes de partir, olhou-os fixamente e, percebendo que houve desapontamento por conta da simplicidade de sua oferta, justificou-se:
- Rosas... porque elas são jóias de Deus. Elas deixam nossa vida mais rica e bela!
Os homens se entreolharam surpresos e, após se despedirem, cada um seguiu seu destino, dando finalidade diferente ao presente recebido.
O ingrato, maldizendo sua falta de sorte por haver encontrado um gênio e dele recebido apenas flores, jogou-as num rio próximo.
O conformado, embora entristecido pela singeleza do presente, levou-as para casa, depositando-as num jarro com água.
O generoso, feliz pela oportunidade que tinha em mãos, decidiu repartir seu presente com os outros. Foi visto pela cidade distribuindo rosas, de porta em porta, com um detalhe: quanto mais rosas ofertava, mais seu buquê crescia em tamanho, perfume e beleza.
No dia seguinte, no mesmo local e instante, os três homens se reencontraram e, de súbito, ressurgiu o gênio da véspera.
- Gênio, o que você deseja? - disse um deles.
- Que suas rosas se transformem em jóias! - disse o gênio. Assim se sucedeu:
O homem generoso encontrou em casa uma carruagem repleta de jóias, extraordinariamente belas, tornando-se rico comerciante.
O homem conformado, retornando imediatamente para seu lar, encontrou, pendurado sobre o jarro onde depositara as rosas, um lindo e valioso colar de pérolas. Resignou-se em ofertá-lo para sua esposa.
O homem ingrato, dirigindo-se ao lugar onde jogara o buquê de rosas, viu, refletindo sobre as águas, um brilho intenso, próprio de jóias valiosas, que sumiu de seus olhos quando se atirou ao rio no propósito de alcançá-las.

Veja, podemos tirar lições desta mensagem:

O que precisamos é estar sempre atentos aos sinais de Deus. Às belezas que Ele nos proporciona em cada momento de nossa vida e, muitas vezes não notamos. Todos nós, seres humanos pecadores recebemos de Deus talentos. Devemos saber utilizar nossos dons, pois eles são como as rosas ou o céu, a lua, as árvores, são verdadeiras pérolas que Deus nos confiou.

Não podemos, de forma alguma ser ingratos ou conformados precisa sim ser generosos e agradecidos. Devemos dar graças a Deus por tudo que acontece em nossas vidas "Em tudo dai graças, porque esta é a vontade de Deus em Cristo Jesus para convosco". (I Tessalonicenses 5:18). Quando somos agradecidos por tudo não corremos o risco de nos arrependermos depois. Deus se agrada daquele que agradece pelas coisas que tem nas mãos e não pelas coisas que almeja ter ou as coisas dos outros. "... receberemos o bem de Deus, e não receberíamos o mal?..." (Jó 2:10). Tudo que aqui conseguimos, aqui ficará! Nada levaremos conosco depois da morte.

Não podemos conseguir o sucesso sem fazer nossa parte, sem nos esforçarmos. Nada, além da salvação em Jesus, é de graça nesta vida. Nada nesta vida é por acaso nem por mera casualidade e logo partiremos. "O HOMEM, nascido da mulher, é de poucos dias e farto de inquietação". (Jó 14:1). Temos um propósito aqui neste mundo que é reconhecer e aceitar o verdadeiro Filho de Deus, Jesus Cristo, como nosso Senhor e Salvador. 

Nesta vida corremos para, pelo menos conseguir permanecer no mesmo lugar, tal o progresso das coisas, agora imagine se permanecermos parados apenas aguardando que as coisas acontecerem. Nossos esforços nos conduzem, muitas vezes, ao êxito, mas de nada valerá nossas vitórias aqui neste mundo se não tivermos aceitado a Jesus em nossas vidas. "Quem crê nele não é condenado; mas quem não crê já está condenado, porquanto não crê no nome do unigênito Filho de Deus". (João 3:18). Se não tivermos recebido o Dom de Deus que é a salvação pela graça "Porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isto não vem de vós, é dom de Deus". (Efésios 2:8) a verdadeira promessa de vida eterna e a garantia de uma morada eterna no céu. "Porque o salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna, por Cristo Jesus nosso Senhor". (Romanos 6:23). E tudo isso é acessível à todos, basta que, individualmente, busquem.

Precisamos buscar mais as coisas espirituais, pois nosso tempo é aqui e agora, não haverá tempo depois da morte "Trabalhai não pela comida que perece, mas pela comida que permanece para a vida eterna". (João 6-27). A Bíblia diz que não haverá arrependimento depois que partirmos desse mundo. "Buscai ao Senhor enquanto se pode achar, invocai-o enquanto está perto". (Isaías 55:6).

O que lavra a sua terra se fartará de pão; mas o que segue os ociosos é falto de entendimento.

"Provérbios 12:11"

Mensagens Bíblicas As Três Peneiras