O Verdadeiro Evangelista

Certa vez um homem morreu sem ter aceitado a Cristo. (Ele fez como muitos está fazendo hoje em dia. Vive uma vida relaxada, longe da presença de Deus.) Conforme nos diz a Bíblia quem crê em Jesus, o Unigênito Filho de Deus está salvo e tem a vida eterna, mas aquele quem não acredita já tem a condenação, não precisa fazer nada para obtê-la. "Quem crê nele não é julgado; mas quem não crê, já está julgado; porquanto não crê no nome do unigênito Filho de Deus". (João 3.18).

O caminho daquele que não crê em Cristo já está traçado, e, com toda a convicção o seu caminho no final será pior possível. E assim aconteceu, este homem, após ter falecido, foi chamado à presença de Jesus para o julgamento final, onde todas as coisas serão trazidas à tona, onde toda obra seja ela boa ou má será revelada para que se saiba o motivo de seu veredicto. E ele, então reconheceu que Jesus Cristo é o Senhor, conforme nos diz a Palavra de Deus "Para que ao nome de Jesus se dobre todo joelho dos que estão nos céus, e na terra, e debaixo da terra, e toda língua confesse que Jesus Cristo é Senhor, para glória de Deus Pai". (Filipenses 2:10-11). Depois disto foi lançado no Lago de Fogo (Apocalipse 19:20; 20:10 e 21:8) e, estando ele em grande tormento, tormento tal que será eterno, também alertado em muitas passagens da Bíblia, pediu a Deus que permitisse que ele voltasse a terra para que pudesse pregar o verdadeiro Evangelho de Cristo e dizer ao mundo que o Inferno realmente existe e que o tormento mencionado na Bíblia é verdadeiro, que não é história e muito menos ficção científica.

Assim como muitas pessoas no mundo, este homem já havia sido alertado por muitas e muitas vezes, seja através de parentes, de amigos, de colegas de trabalho, da mídia e das várias igrejas que visitou.Este homem usava sempre o argumento que todas eram iguais e que ninguém prestava. Que crente é trouxa e hipócrita, que ao invés de "viver a vida", de "curtir a vida" estavam perdendo tempo dentro das igrejas, cantando aqueles hinos horríveis. Todas as vezes que este homem ia a alguma igreja, estava sempre pronto a mostrar os defeitos deste ou daquele cristão, tentando justificar seus erros e suas iniqüidades cometidas. O que, de forma alguma, pode ser justificado, porque o intuito da Palavra de Deus é que reconheçamos que somos pecadores e aceitemos a Cristo, que nos convertamos a Ele, que é o único modo de chegar a Deus e ter um lugar reservado nos céus. Cristo mesmo nos promete. "Na casa de meu Pai há muitas moradas; se não fosse assim, eu vo-lo teria dito; vou preparar-vos lugar". (João 14:2).

Deus, que é amor e também justiça, percebendo a grande aflição daquele homem, teve mais uma vez misericórdia dele, e permitiu que retornasse a terra, Deus concedeu a ele esta maravilhosa benção. Rapidamente este homem então retornou a terra. Podiam-se ver os maravilhosos frutos que passou a dar aquele homem, que agora era também um irmão em Cristo, que reconheceu que Cristo é o Salvador da maneira mais dura possível. Após ter sido lançado no Inferno e no Lago de Fogo, lugar onde o verme não morre e o fogo jamais se apaga, e, ter sentido em sua própria pele as dores deste tormento eterno.
Esse homem não descansava, nem de dia nem de noite. Um dos maiores frutos que ele aprendeu foi, com certeza o que todos devemos ter em nossas mentes: orar sem cessar: (I Tesalonicenses 5:17). Cumpria todos os mandamentos de Deus e de Cristo, um dos mandamentos que realmente passou a fazer parte de sua vida, que passou a cumprir à risca, muitas vezes sem se preocupar consigo mesmo, com seu próprio eu. Às vezes, até mesmo sem se alimentar ficava por causa da necessidade que sentia em se alimentar da Palavra de Deus para poder pregar o Evangelho de Cristo a toda criatura, pois estava certo ele, que não, mais era apenas uma criatura de Deus e sim um filho de Deus. "E disse-lhes Jesus: Ide por todo o mundo, e pregai o evangelho a toda criatura". (Marcos 16:15). "Mas importa que primeiro o evangelho seja pregado entre todas as nações". (Marcos 13:10).
Esse homem ganhou muitas centenas... Milhares de almas para Cristo. Ele era o próprio testemunho vivo do que pregava, do que anunciava ao mundo, livrando-os daquele tormento que um dia sentira.
Vocês acreditam nesta história?

Esta pergunta não faço a cristãos. Àqueles que já receberam a Jesus como Salvador, porque estão certos da resposta, mas faço sim àqueles que ainda não tiveram esta atitude em suas vidas. Àqueles que ainda hesitam achando que a Bíblia é só mais um livro de uma história que aconteceu e já passou. Àqueles que acham que o cristão é um prisioneiro, um fanático e até mesmo para àqueles que acham que o crente é trouxa. O ímpio, o pecador que ainda não se reconheceu como pecador – digo isto porque sei que todos somos pecadores, embora o cristão não vive na prática do pecado, ele consegue discernir o que glorifica a Deus, o que louva a Deus, o que enaltece a Deus, o que é realmente lícito fazer. "Todas as coisas me são lícitas, mas nem todas as coisas convêm. Todas as coisas me são lícitas; mas eu não me deixarei dominar por nenhuma delas". (I Cor. 6:12).

A resposta a esta pergunta é: Impossível que isto aconteça!
Mesmo sendo Deus, maravilhoso como é e tendo grande amor jamais permitiria que alguém voltasse a terra. Sabem por que? É muito simples! Existem muitos motivos que nos mostra que isto será impossível de acontecer.

O primeiro motivo é: Uma promessa da Palavra de Deus. Ela diz que existe um grande abismo entre o céu e o inferno e quem foi para o céu mesmo que queira jamais poderá ir para o inferno e também ao contrário. "No inferno, ergueu os olhos, estando em tormentos, e viu ao longe a Abraão, e a Lázaro no seu seio. E, clamando, disse: Pai Abraão tem misericórdia de mim, e envia-me Lázaro, para que molhe na água a ponta do dedo e me refresque a língua, porque estou atormentado nesta chama. Disse, porém, Abraão: Filho lembra-te de que em tua vida recebeste os teus bens, e Lázaro de igual modo os males; agora, porém, ele aqui é consolado, e tu atormentado. E além disso, entre nós e vós está posto um grande abismo, de sorte que os que quisessem passar daqui para vós não poderiam, nem os de lá passar para nós". (Lucas 16:23-26).
Sabemos que Deus e Jesus nunca mudam "Jesus Cristo é o mesmo, ontem, e hoje, e eternamente". (Hebreus 13:8) então como poderia mudar de idéia e aceitar que alguém voltasse, alterando quaisquer de suas promessas. Sendo assim, não há como mudar de um lugar para o outro.

O Segundo Motivo é: Se o ímpio vive aqui neste mundo sem Deus, para que quer ir para o céu ficar com Deus? Vamos imaginar juntos:
O que faz um cristão?

Ele ora fazendo agradecimentos a Deus por meio de Jesus. Canta hinos e louvores agradáveis a Deus. Vai a todos os cultos na igreja. É ativo na igreja, participa dos trabalhos, se faz está presente. Lê a Bíblia todos os dias, e, quando não lê se sente mal, em falta com Deus. Visita e ajuda os necessitados. Se comove com a miséria dos pecadores sem Jesus, exorta outros irmãos, se arrepende cada dia dos seus pecados. Sei que não dá para enumerar todas as boas e grandes coisas que faz um cristão, mas já podemos ter uma idéia. O crente se arrepende cada dia, se santifica cada dia, então está pronto para ir ao céu de luz estar com Jesus o nosso Senhor. "Mas o fruto do Espírito é: o amor, o gozo, a paz, a longanimidade, a benignidade, a bondade, a fidelidade". (Gálatas 5:22).

O que faz o ímpio, o pecador sem Cristo?
Vai a bailes onde há brigas e confusões. A bares onde há jogos de azar e bebidas, estando sujeito a todos os tipos de confusões e até mortes. Não sente prazer em ler a Bíblia. Não ora; Existem alguns que até rezam, mas o fazem, muitas vezes, sem nem mesmo saber o porque fazem. Falam mal do próximo. Não têm amor para com seu próximo. Traem suas esposas (maridos) e acabam em lares desfeitos. Não têm prazem em cantar ou até mesmo em ouvir um hino de louvor a Deus. "Ora, as obras da carne são manifestas, as quais são: a prostituição, a impureza, a lascívia, a idolatria, a feitiçaria, as inimizades, as contendas, os ciúmes, as iras, as facções, as dissensões, os partidos, as invejas, as bebedices, as orgias, e coisas semelhantes a estas, contra as quais vos previno, como já antes vos preveni, que os que tais coisas praticam não herdarão o reino de Deus". (Gálatas 5:19-21).

Certa vez eu estava parado num farol no transito, próximo ao Morumbi-SP, ouvindo um hino que falava da Nova Jerusalém, ao lado do meu carro havia um belo carro com uma família. Muito rapidamente o motorista, senhor de boa aparência fechou todos os vidros do carro para não ouvir o hino. "Afirmam que conhecem a Deus, mas pelas suas obras o negam, sendo abomináveis, e desobedientes, e réprobos para toda boa obra". (Tito 1:16).

É realmente lastimável o que podemos falar sobre pessoas que não têm a Cristo, mas vou me ater só nestes tópicos que, com certeza, já podemos notar que a diferença é imensurável. Não há qualquer comparação plausível que se possa fazer.
Veja, se as pessoas do "mundo" não querem saber de Deus. De nada adianta, e realmente não salva o que costumam as pessoas dizerem: "Eu tenho Deus no meu coração", "eu oro", "Qualquer igreja leva a Deus". O que importa realmente é reconhecer que é pecador, aceitar a Jesus como Salvador de suas vidas e, quando orar fazê-lo em nome do Senhor Jesus, que é o nosso único intercessor e mediador. "Meus filhinhos, estas coisas vos escrevo, para que não pequeis; mas, se alguém pecar, temos um Advogado para com o Pai, Jesus Cristo, o justo". (I João 1:2). Jesus é a porta, a verdade, a vida e também é o único caminho para chegar a Deus. "Respondeu-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim". (João 14:6).

Na verdade a Bíblia diz que o caminho que leva a Deus, não é nada disto que o mundo está acostumado... e sim, um caminho mais árduo, mais estreito e realmente não são todos que o querem encontrar, preferem a diversidade de caminhos que levam à perdição. "Entrai pela porta estreita; porque larga é a porta, e espaçoso o caminho que conduz à perdição, e muitos são os que entram por ela; e porque estreita é a porta, e apertado o caminho que conduz à vida, e poucos são os que a encontram". (Mateus 7:13-14).
As pessoas não querem conhecer a Jesus Cristo. Não querem cantar um hino de louvor a Deus. As pessoas não querem ir a igreja. Não querem ler a Bíblia e nem tem o mínimo interesse, muitos dizem que odeia a Bíblia e os cristãos, então pergunto:- "Quer ir para o céu fazer o que?".

Um terceiro motivo é: grande e imprescindível e que não pode deixar de ser mencionado. A Salvação nos é dada por Deus. É um dom que não merecemos. "Porque pela graça sois salvos, por meio da fé, e isto não vem de vós, é dom de Deus". (Efésios 2:8). Esta salvação é individual e precisa ser adquirida aqui na terra, enquanto ainda estamos vivos. Não há como se arrepender depois da morte. Quando nossa vida aqui se findar será muito tarde não haverá mais meios de salvação. Não fique achando que Deus é amor e só amor. Deus também é Justiça e não enviaria seu Único Filho, Jesus Cristo, para morrer por nós e, simplesmente ficarmos em "cima do muro", fingindo que nada vai acontecer, achando que é tudo bobagem e, que simplesmente podemos vir a este mundo fazer o que achamos ou o que devemos fazer por aí afora, cometer um pecado atrás do outro e não se arrepender. Achando que não precisamos andar com Jesus, que não precisamos de nos converter a Cristo. Isto é realmente tudo "achismo". E esteja certo, no inferno está cheio de pessoas que "viviam achando". Isso é uma doença e precisa de um verdadeiro médico.

Ninguém que pensa assim se considere inteligente, porque um dia vão descobrir que estavam redondamente enganados e, será tarde demais. Quando pensavam estar ganhando algo na vida na realidade estavam perdendo suas vidas. "Pois quem quiser salvar a sua vida, perdê-la-á; mas quem perder a sua vida por amor de mim e do evangelho, salvá-la-á". (Marcos 8:35). Talvez você não consiga entender este versículo, mas ele quer dizer nada mais nada menos que:- Sua vida aqui neste mundo não vale nada, é como um vapor que logo se dissipa e o que importa é estar com Jesus, com a vida eterna garantida. "No entanto, não sabeis o que sucederá amanhã. Que é a vossa vida? Sois um vapor que aparece por um pouco, e logo se desvanece". (Tiago 4:14).
Seja realmente inteligente, não siga seu coração porque "enganoso é o coração mais que todas as coisas" (Jeremias 17:9). Aceite a Cristo ainda hoje. É o único modo de merecer a vida eterna. Será que você conseguiu ouvir o sussurro de Deus?
"Porque o Filho do homem há de vir na glória de seu Pai, com os seus anjos; e então retribuirá a cada um segundo as suas obras". (Mateus 16:27).
Que Deus seja louvado pela Sua Palavra.

A ira do insensato logo se revela; mas o prudente encobre a afronta.

"Provérbios 12:16"

Mensagens Bíblicas O Verdadeiro Milionário